25/10/2013

||| de olhos fechados o mundo é mais claro...


||| ... como tantos sou um professor menor que o programa que tenho para dar. sou pequeno para tanta coisa. a história da humanidade é maior do que eu e do que um espaço de tempo escolar que vai de setembro a junho. dumbledor, sim o mago da saga harry potter ensina-nos que temos que fazer escolhas. e é nas escolhas que me defino. como professor não gosto de todos os temas. há coisas mesmo que acho inúteis, outras, simplesmente como sabedor da coisa não em entusiasmam. então como posso passar o encanto de saber tudo aos meus alunos se eu próprio não acho interesse no que tenho que ensinar. faço escolhas. opto por encontrar dentro dos temas, assuntos que possam despertar-me o encanto. chego à aula e digo: nem sabem o que descobri hoje sobre isto. eu, regresso ao lado de investigador. procuro, selecciono, escolho. defino-me nas escolhas que faço. não repito. há anos que não repito uma aula ou uma conversa. seria a morte do artista. preciso desse desafio constante de procurar, encontrar e partilhar. nem sabem o que descobri sobre isto, digo aos meus alunos. e só assim posso recordar que antes de ser professor sou licenciado na velha arte de descobrir coisas perdidas para ensinar aos outros e a mim próprio quando as escolhas são tão precisas para matar um programa absurdo onde cabe tudo o que dizem que tenho que ensinar...