08/10/2013

||| terá sido bom ou estrategicamente bom...


||| ... hoje, terminadas as aulas da manhã, fui-me sentar no sofá laranja colocado no lugar oposto ao que está nesta fotografia. aliás, este é o meu pé. aqueles passos não sei de quem são. sento-me ali para descansar. gosto daquele lugar. oiço dizer: bom-dia. oiço o barulho da escola. e para recordar: a palavra escola deriva do grego σχολή (scholē), originalmente significa "lazer". oiço os gestos e as correrias. e fico ali. terminou uma aula, outra começará em breve. faço uma avaliação. digo para o meu ego: correu bem esta aula. o meu ego, responde. correu muito bem. sem ninguém perceber a razão do meu sorriso ele lá está. sou um bom professor. a aula correu bem. o meu ego incomoda-me por uns instantes mais e vem acompanhado da consciência. oiço-os a falar. um som mais alto emerge como se fosse a mais clara das perguntas: correu muito bem a aula... mas para ti ou para os teus alunos? a aula pode ter-te parecido correr excelentemente. e a eles? uma das minhas alunas passa a correr. perdi a coragem de lhe falar da loucura que vai na minha cabeça. faço um comentário qualquer sobre qualquer coisa e oiço uma gargalhada... a dúvida fica presa em mim... para quem teria corrido bem aquela aula...?...