11/11/2013

||| do banho do gato que devia ser pardo mas não é...


||| ... da confiança. há nesta fotografia uma coisa que não gosto. a tira de aço que ata a cadeira ao chão. se o exercício de colocar cadeiras no espaço público é em si curioso, a falta de confiança em sociedade não o é. é fruto de uma espécie de evolução [dizem]. e hoje que não me apetece falar da aula que dei e que foi um exemplo de liberdade e confiança não posso deixar de falar nisso mesmo. na confiança. porque há uma relação que é fundamental entre o professor e os seus alunos. entre eu e eles. e sabemos, ambos, disso. eles esperam que eu não a rompa com falsas expectativas ou quebra de lealdade. e eu espero que eles não a quebrem por desrespeito ou falta de dedicação e brio. eu sei, são palavras antigas. brio. dedicação. mas é nisso que eu aposto quase tudo. e sei que eles são capazes de o fazer e conseguir como eu tento, a cada aula que penso e crio, conseguir. porque hoje no fim de uma aula dizia a uma aluna que me olhava com ar de espanto: eu gosto muito de vos dar aulas. vocês aceitam os desafios, envolvem-se, empenham-se. querem e tentam fazer bem. mesmo quando podia sair melhor ou alguma coisa corre menos bem. e isso, no meu tempo, fazia já parte de uma parte do que era o brio e a dedicação. e por isso quando penso uma aula há sempre uma margem que dou para trabalhar esse factor determinante para o nosso sucesso em conjunto. há uma matriz de base em cada desafio que parte da minha confiança em cada um dos meus alunos e deles em mim. só assim posso depois criar desafios onde a autonomia e a inteligência social podem ter lugar. e não há nada mais pedagogicamente válido do que um professor que confia nos seus alunos e vice-versa. porque a escola, como já aqui escrevi uma vez, para mim como professor, tem que ser muito melhor do que a sociedade o é hoje e não precisa de tiras de aço que falsamente prendem a imaginação e a liberdade. precisa de tiras de aço que nos unam a todos em confiança para sabermos mais, crescermos mais, criarmos mais em conjunto...