01/11/2013

||| falar mal a sorrir...


||| ... apetecia-me dizer que esta reflexão devia começar com o famoso título: falar a verdade a mentir. não sei a razão. mas são as palavras que me cercam neste momento. porque olho e oiço os meus alunos e pergunto-me onde estão as aulas de oratória e discurso. falar em público, falar bem, argumentar é uma arte esquecida neste tempo acelerado em que tudo passa na escola pela colocação da repetição como uma máquina em poema de fernando pessoa. um constante grrrgrgrgrggrrg que não pára e onde nos esquecemos destas coisas tão importantes. falar bem. discursar. argumentar. gerir as ideias, as palavras, as frases. saber dizer o que se quer e como se quer. partilhar ideias. defender uma causa ou posição intelectual. e se formos a ver poucos são os momentos de treino que os nossos alunos podem usufruir no espaço de aula para esse efeito. não estou a falar de ler em voz alta. ou ler, simplesmente. estou a falar de falar. de discursar. de argumentar. e nada há mais complexo e poderoso do que ensinar aos nossos alunos a antiga arte da oratória. nada há de mais rico do que ensinar a construir um argumento pensado, racional, inteligente. e como isso anda perdido no tempo (in)útil das nossas aulas...