08/09/2014

||| ainda temos escola?...


||| ... a pergunta apareceu sem mais nem menos. hoje que estou a regressar à escola. ainda temos escola? sim, escola, de lazer. é estranho ir à origem das palavras. é que o lazer é o tempo permitido. lícito. e será lícito então dizer que ainda temos escola? ou teremos outra coisa. houve o tempo do "sistema escolar". agora é tudo coisas com siglas que já nem permitem adivinhar o que quer que seja. os nomes das coisas sempre me importaram muito. restam poucas escola com o nome de um escritor, poeta ou figura insigne. isto tudo porque tive que colocar no google maps o nome da escola. ainda estava a designação antiga. gostei disso. escola secundária poeta tal. é bonito. mas logo a rectificação apareceu. agrupamento de escolas da terra tal. é estranho isto. a terra ter um agrupamento. não é estranho o agrupamento porque já nada disso parece estranho mesmo sempre. é estranho o nome do poeta não estar lá. fui à procura da poesia, por causa do poeta. lá o encontrei. mas disso já não resta nada no nome da escola. curiosamente os mais velhos, sentados nos bancos de jardim, quando se pergunta pela escola, não sabem. é o liceu. o liceu é ali ao fundo, virar à direita e dá com ele. se eu perguntar pelo agrupamento, como uma vez já me aconteceu, mandaram-me para o quartel dos bombeiros. é curioso isto da escola que já não existe. que já não temos. nem liceu, nem escola, nem poeta, nem agrupamento. passei [sim, porque não uso, a maioria das vezes o gps] a perguntar pelo espaço escolar da terra. respondem-me sempre em jeito de pergunta: dos mais pequenos ou dos outros. é do outros. ah... é virar à esquerda ali ao fundo. dificil de perceber isto. de tão moderna que se quer a coisa que a escola já nem tem nome. curioso isto. hoje que estou em viagem, penso mais nisto. talvez dê com a escola de destino. ou então posso sempre dizer que é ao pé do centro comercial, a coisa, lá perto...