05/11/2014

||| ensinar por um preço...


||| ... repor as aulas, em falta. com moderação. ponderação. mas isso não importa. é o custo que importa. com dinheiro para "recuperar" o tempo perdido. só que o tempo é maior do que um custo. é mesmo algo impossível de recuperar. mas esta visão que tomou a escola de assalto é a realidade mais crua em que tudo está transformado. ensina-se ao quilo. ao peso. por número de páginas. por itens cumpridos ou por cumprir. em tabelas de excel cheias de coloridos arranjos [im]perfeitos como se tudo, mas tudo, tivesse um número, um custo, uma medição. e estamos a transformar o saber nessa coisa viscosa e poluída que faz com que tudo deixe, para mim, de fazer qualquer sentido. não sei quantos quilos de matéria dei hoje. nem quanto itens, bem pesados, vendi. um dia falaremos assim. eu sei, estou a exagerar. ou não. porque já estivemos mais longe. e mais do que isso, já conseguimos ver o erro disto tudo muito mais do que agora. vamos lá vender mais uma aula. o sistema que se alimenta de mim, precisa disso...

Sem comentários:

Enviar um comentário