02/11/2014

||| saber o que se quer...


||| ... e para onde se vai. salazarenta a frase, eu sei. mas ouvida a metáfora fica na cabeça. um terreno baldio. a primeira coisa: limpar. a segunda: onde colocar o lixo. mas não chega. é preciso saber o que plantar. e como o fazer, depois. e isso é o que nos falta. saber que isto não queremos, como professores, como alunos, como educadores. que não é este o caminho da coisa. não pode ser. não deve ser. mas tão importante como saber o que não queremos é ainda mais saber o que efectiva e concretamente desejamos criar após "limpar" o terreno. como classe profissional, como pessoas, como sociedade. que escola queremos num futuro cada vez mais próximo e numa viragem e momento de mudança cada vez mais evidente. chegaremos lá sem o saber, uma vez mais, talvez. e como isso, tal como agora, seremos levados para onde nos querem levar. porque não há maior força do que a certeza do que quer. e da palavra certa e forte como poder. devemos mesmo, seriamente, pensar isto. e a ideia ficou-me na cabeça como um pensamento preso que ficará, por cá, alguns dias...

Sem comentários:

Enviar um comentário