02/12/2014

||| nem sempre, nem nunca...


||| ... nunca percebi porque a sala de aula tem que estar sempre na mesma disposição. nunca entendi, nunca entenderei. sempre disse aos meus alunos que se podiam sentar como lhes desse mais jeito. em cada aula. de acordo com a natureza de cada trabalho. a forma, a articulação. mas não. a tendência deles próprios é manterem o lugar. rodam as cadeiras. não mudam o lugar, o espaço, para se adequar ao que é preciso fazer. depois estão "desconfortáveis". é preciso educar para o uso do espaço. da sala de aula. antes de ser sala da aula é sala de quem lá tem que estar. nossa sala. a nossa sala. esta é a primeira coisa a mudar. nossa de nós. de quem lá está. e depois da aula. a que se pensou. a que se quer dar. a que é preciso criar. e habitar o espaço não é estar no espaço. nem dele tirar toda a potencialidade. as salas são todas iguais. porque são das "aulas" e não das pessoas. é tão urgente ensinar a usar o espaço. aquele que é preciso reclamar para ser útil. esquecemos sempre estas coisas tão simples para depois podermos reclamar de todas as outras coisas destas derivadas...

Sem comentários:

Enviar um comentário