03/03/2015

||| mil pensamentos [im]perfeitos...


||| ... escrevi aqui, mil textos. os números trazem estas coisas. mil. já foram mil. pode parecer estranho. contar o que se escreve. tenho tido menos tempo para aqui escrever. e para aqui estar. talvez porque a [im]perfeição de ser professor se esteja a desligar de mim, por o não ser, agora. nunca me conseguirei desligar da educação. muito menos, do pensamento. e menos ainda, da indignação. ou do direito a pensar e a dizer. o direito da palavra. é isso que este espaço é. o uso do direito da palavra e do pensamento. sem qualquer desejo ou valor. só isso mesmo. quase em estado puro. por isso gosto de aqui voltar, mesmo sem tempo. nem que seja para escrever o que vejo, sinto, quero dizer. mesmo que ninguém leia. ou quem vai lendo veja isto como devaneios de um louco e [im]perfeito professor. foram já mil. não sei quando vai acabar. mas estes mil já cá estão...

Sem comentários:

Enviar um comentário