12/03/2015

||| na beira do abismo na escola...


 ||| ... eu já desisti. da escola. do ensino. vejo-o de fora, agora. ou fizeram-me desistir. da educação, nunca. isso será mesmo muito difícil. está no meu sangue. a escola, o ensino, este, desisti. e fizeram-me abandonar este caminho. o sistema. descarta quem acredita que ensinar é mudar o mundo uma pessoa de cada vez. um aluno de cada vez. não por não deixar que o sistema permita gente assim. mas simplesmente porque se perde a forma de o poder fazer. e às vezes, é preciso parar antes de ser destruído por uma máquina avassaladora muito maior do que nós. ouvia de uma colega: estou no limite. depois de uma semana e meia de corrigir testes, exames feitos para serem lidos, estou exausta. o rosto fechado e cansado. porque as reuniões eram demais, porque o tempo era sempre de menos, porque já nem se lembrava de ter tido uma refeição decente nos últimos dias, porque era sempre tudo a correr, porque os miúdos não "estavam nem aí", porque ainda era preciso acolher os encarregados de educação com mais problemas ainda, porque tudo era demasiado e o limite era, como ela dizia, uma linha tão perto, cada vez mais perto. e não era a única. a escola está cheia de gente no limite. das forças, da vontade, do querer. que sejam só os que ainda acreditam que se pode mudar tudo, os últimos a desistir. ou a escola, essa conquista única de um lugar de liberdade, será transformada em tudo, menos naquilo que um dia foi... 

Sem comentários:

Enviar um comentário