23/05/2015

||| aproximar a escola...


||| ... trocava, recentemente, umas ideias sobre esta coisa das mega escola e dos centros escolares. da escola estar perto do local onde as pessoas vivem ou nos centros onde há mais "oportunidades". se sou defensor dessa igualdade de oportunidades para todos os miúdos o mesmo não se passa com este desenraizamento que é feito e no que se está a transformar tudo isto. mal comparado, parecem um aviário as escolas de tamanho imenso. basta entrar numa. sem identidade que não seja a própria da escola que pode ser forte ou fraca consoante o seu projecto educativo, a verdade é que turmas com trinta miúdos, dos pequenos aos jovens, tornaram-se em lugares de vazio de razão e sentido. as oportunidade não surgem por haver uma biblioteca toda equipada ou uma sala com projector que não havia na escola pequena e de centro de aldeia ou terra. surge pela razão que se dá à escolarização. o seu sentido. para o que é pensada para servir. a proximidade com aqueles que acarinham a escola não tem preço. basta ver uma qualquer criança numa qualquer escola ainda por extinguir e ouvir: esta é a minha escola. coisa que raramente se ouve nos grandes espaços. "ando ali"... é mais isso...

Sem comentários:

Enviar um comentário