13/05/2015

||| sim, sobre o vídeos dos miúdos...


||| ... a primeira coisa que ouvi foi de vão existir averiguações. de tudo e de todos. depois os pais. depois os comentários [sempre muito e cada vez mais menos moderados]. chegam os "especialistas". e depois as culpas. destes, daqueles, nossas, da escola, da sociedade, de todos e de nenhum. depois o remate quase como provérbio: no nosso tempo também havia pancadaria. e mais umas pérolas assim. segue-se sempre o "fenómeno das redes sociais". e ser um vídeo. depois passa uma semana ou duas e lá foi. desaparece tudo do mapa. vão ficar os miúdos que bateram e o que levou pancada envoltos em processos e castigos. a revolta dará lugar ao silêncio e ao arrastar de tudo. tenho só uma coisa a dizer por mais bestial que possa parecer. o que se passou com estes miúdos é uma selvajaria. a culpa é nossa. pior é saber que ainda há pior. não há vídeos, mas há. pior. e os casos de violência na escola aumentam. quem disser o contrário não consegue olhar de frente a realidade. não sei o que pensar, principalmente para quem, como eu, que acha sempre qualquer acto de violência física ou psicológica de um ser humano sobre outro como um acto de barbárie. a escola tem nisto uma culpa ainda maior. perdeu o seu lugar de ser referência e exemplo. não se justifica um acto destes. é selvagem. simplesmente...

Sem comentários:

Enviar um comentário